e-CPF e CPF digital: qual a diferença entre esses documentos

Os certificados e documentos digitais têm se popularizado cada vez mais devido a sua praticidade e segurança. 

Existem documentos desse tipo para empresas, como o e-CNPJ e a nota fiscal eletrônica (NF-e), e também para pessoas físicas, como o e-CPF. Dessa forma, todos que desejarem podem ter um certificado digital

Todos eles, quando feitos da maneira correta, têm a mesma validade do documento físico e podem ser utilizados para resolver diversas burocracias de forma on-line. 

Quem busca a solução dos documentos digitais já deve ter se deparado com dois termos que podem gerar confusão: e-CPF e CPF digital. Mas, afinal, qual a diferença entre eles e qual você deveria escolher? 

Vem com a gente que tiramos todas as suas dúvidas!

Qual a diferença entre os documentos?

O CPF digital é uma versão on-line do documento físico emitido pela Receita Federal. Ele pode ser acessado por meio de aplicativo disponibilizado pelo governo e usado no lugar do cartão do CPF.

Sua vantagem é a praticidade de poder deixar o documento físico em casa e utilizá-lo apenas no celular.

Para acessar, basta baixar o app, informar o número do seu CPF, preencher as informações pedidas pelo sistema e gerar o código de segurança. 

No entanto, o CPF digital não funciona para uso on-line para validação de processos legais, por exemplo. Ele é apenas uma facilidade a mais para seu dia-a-dia. 

Já o e-CPF serve justamente para fazer a validação de sua identidade no mundo virtual. Com ele, você pode assinar documentos digitais com validade legal e de forma muito segura, já que o documento é validado por lei.

Como funciona o e-CPF?

O e-CPF opera por meio de uma chave criptográfica exclusiva, que pode ser instalada em computadores, cartões com chip ou em tokens. Ninguém além do usuário tem acesso a essa chave.

Assim, você consegue fazer todos os trâmites on-line nos quais seria necessária a apresentação do documento oficial, de forma prática e menos burocrática. 

Existem alguns tipos de certificado digital disponíveis no mercado. A principal diferença entre eles é o tempo de validade e a mídia na qual será disponibilizado. 

Os certificados de tipo A1 ficam disponíveis apenas em uma máquina, com validade de até 12 meses. As versões mais comuns são para computador, mas já existem opções de Mobile ID, que podem ser usadas no celular. 

Os de nível A3 ficam disponíveis em cartões com chip ou token. Quem tem esse tipo de certificado pode levá-lo para outros locais e usar a validação em qualquer máquina que tenha o software instalado. A duração é de 1 a 3 anos. 

Também é possível adquirir o certificado A3 juntamente com a leitora para o chip do cartão, o que facilita a utilização em diversos locais.

Tanto o e-CPF A1 quanto o A3 podem ser utilizados para envio de documentação via e-mail, transações bancárias, assinatura digital de contratos e acesso aos portais governamentais que necessitem de validação mais burocrática. 

É seguro?

Sim! Com a chave criptográfica o acesso é único e não pode ser forjado. Não é possível editar informações cadastrais ou de imagem, logo, não ocorrem fraudes utilizando seu nome e outros dados. 

Além disso, a chave do e-CPF funciona pela Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP-Brasil), órgão oficial do governo que assegura a identidade e autenticidade dos documentos. 

Isso garante que todas as transações feitas com esses tipos de documentos no meio virtual sejam completamente privadas e possam ser acessadas apenas pelos responsáveis.

É pago?

Sim. Para ter um certificado digital é necessário investir um valor que varia de acordo com o tipo de documento e sua validade e você pode escolher a que mais cabe no seu bolso.

Após o vencimento, basta agendar sua renovação, de forma bastante prática e rápida também. 

Apesar desse valor investido, no longo prazo, o e-CPF e o e-CNPJ representam economia para quem os adquire. 

Afinal, não é necessário se preocupar com locomoção para assinatura de documentos, gastos com cartórios e cópias de documentos. 

Assim, investir em um certificado digital é uma forma de economizar não apenas tempo, mas também dinheiro. 

Como conseguir meu e-CPF?

Qualquer pessoa física pode obter o documento de forma simples, prática e 100% on-line. O mesmo vale para empresas que desejam emitir e-CNPJ. Para isso, é preciso fazer o requerimento para uma das autoridades certificadoras reconhecidas.

O único cuidado necessário aqui é ter a certeza de contar com empresas e profissionais de confiança que irão lidar com seus dados de forma responsável e respeitosa. 

Para isso, conte com a Polomasther! Somos uma corretora de seguros e certificados digitais com 27 anos de experiência e ótimos serviços prestados a nossos clientes. 

Temos os melhores profissionais para ajudar você na obtenção de diversos produtos e também para sanar suas dúvidas para que todo processo seja tranquilo e personalizado. 

Nossas unidades ficam no ABC e na Grande São Paulo, além de espaço digital para atendimento a todas localidades. 

Conte com a gente! Ficaremos felizes em te atender!

Polomasthere-CPF e CPF digital: qual a diferença entre esses documentos

Posts relacionados